09/01/2013

Estará Jorge Jesus a preparar a titularidade de André Almeida no clássico?

Num onze completamente rodado hoje, Jorge Jesus optou por lançar Maxi como titular, deixando André Almeida no banco.
Terá o treinador preferido resguardar o jovem português ou ligar os motores do uruguaio que já não tinha jogado no Domingo passado, devido a castigo?
Considerando a segunda hipótese, na minha opinião seria de esperar que Maxi apenas "aquecesse" para o clássico e que fosse substituído para dosear o esforço. No entanto, isso acabou por não acontecer. Talvez porque o jogo foi mais exigente que o esperado e foi preciso lançar Salvio para dar cabo da Académica, em vez de lançar André Almeida para fazer descansar Maxi. Ou então foi mesmo porque Jorge Jesus quis guardar o jovem português, que tem estado a um bom nível, para o clássico.
Na minha opinião, Maxi é Maxi. Em "dia sim" mexe com o jogo e ajuda a sufocar os adversários com o seu pendor (quase exclusivamente) ofensivo. No entanto, o uruguaio esta época tem defendido pouco e mal. Quase nunca está em posição de anular o extremo esquerdo adversário e isso tem-nos causado alguns calafrios em jogos de maior exigência.
Já André Almeida é mais disciplinado tacticamente, sobe bem, mas mais pela certa, e tem mostrado uma boa capacidade de anular o adversário directo no um-para-um.
Tendo em conta que:
I - O único extremo de raiz que o Porto provavelmente lançará na equipa titular jogará pela esquerda (Varela),
II - É provável e preferível que o Benfica não deixe de jogar com dois avançados no Domingo, o que acabará por deixar apenas dois médios-centro (Matic e Enzo) a lutar contra um triângulo formado por Fernando, Moutinho e Lucho, muito provavelmente ajudados por Defour,
Será que Jorge Jesus apostará na contenção de André Almeida em detrimento do pendor ofensivo de Maxi para ajudar a contrariar o mais que provável confronto desigual (2 vs 3/4) no meio campo?
Se assim fosse, em teoria a equipa não ficaria tão sujeita a desiquilibrios como o que permitiu o golo de James no ano passado?
P.S. - Kardec hoje entrou muito bem. Os meus parabéns ao próprio por conseguir manter o profissionalismo e a vontade de ajudar quando é chamado (fez um belo golo e duas assistências de qualidade - pena Ola John ter falhado aquele golo oferecido de mão beijada pelo brasileiro), e também a Jorge Jesus, que continua a rodar a equipa, a dar minutos e motivação a todos os elementos do plantel e a obter os resultados pretendidos.

9 comentários:

hertz disse...

O JJ disse na conferência de imprensa que face ao decorrer do jogo (e resultado negativo) não pode mexer na equipa como gostaria e deu como exemplo o facto de não ter podido descansar o Lima e o Maxi. Ou seja, eram 2 jogadores que não estava nos planos jogarem os 90min. Acho que o Maxi será o titular mas não seria de estranhar se fosse o André Almeida. O Lima é que foi mesmo pena ter de jogar o jogo todo pois gostaria que estivesse mais fresco para o clássico.

Anónimo disse...

Cansados ???

São mais de 3 dias que separam os jogos, dá perfeitamente para recuperar todos os jogadores. Tanto de um lado como de outro o cansaço não pode servir de desculpa !

Quanto ao jogo, penso que o Benfica deve ser fiel aos seus principios e jogar como é habitual ou seja:

Artur

Maxi Pereira
Jardel
Garay
Melgarejo

Matic
Enzo Perez

Salvio
Gaitan

Lima
Cardozo


POC disse...

Bom post.
Mesmo assim aposto em Maxi.

Claudio Caniggia disse...

Bem visto Manú. André Almeida de facto poderia dar maior equilíbrio defensivo à equipa, mas num jogo como o clássico, acho que Jesus não vai prescindir de Maxi.

Aposto no mesmo onze que o Anónimo, embora não sabendo se existe alguma possibilidade de recuperar o Luisão...

PS: penso que a assistência para Ola John foi de Lima, estás a falar do lance em que ele passa a bola por cima da defesa certo?

Manú disse...

Sim estou, mas confirmei e foi mesmo o Kardec! Fez um optimo jogo o Kardec, e acho que deve merecer mais minutos, pelo menos em jogos de menor exigencias, que ja estejam resolvidos!

Mr. Vi disse...

Poderá não ser mal pensado até porque o Maxi tem andado a jogar na versão irmão gémeo.

De qualquer forma não acredito.

Claudio Caniggia disse...

Ok, no jogo fiquei com a impressão de que tinha sido o Lima, provavelmente porque nunca esperei que o Kardec tivesse a classe de passar a bola por cima da defesa...

Nunca fui grande adepto do Kardec (excepção feita aos 3 dias que sucederam o jogo com o Marselha para a LE), mas se continuar com a atitude e vontade que demonstrou ontem, aí concordo, merece mais minutos em jogos de menor dificuldade. Um bom exemplo disso mesmo foi quando fomos a Alvalade espetar 4-1 para a Taça da Liga e os 3-0 ao Porto na final da mesma, ambos com Kardec a titular.

d.gomes disse...

bom post.

Admiro as capacidades do maxi, é um jogador que é preciso no plantel, mas não mais que isso. A defender, sempre foi uma miséria, agora fala-se mais porque finalmente temos um concorrente para o lugar, André Almeida defende melhor -e numa equipa tão ofensiva que interessa ter alguém que não suba tanto e se saiba posicionar - maxi falha a todos os níveis de posicionamento, o que lhe safa é a sua garra, que acaba por compensar todos os defeitos.

Espero que jogue almdeida, o jogo vai ter muitas situações em que o Benfica vai precisar de defender, e ai vai-nos dar mais jeito um almeida e não um maxi que de certeza aos 10 min de jogo já tem um amarelo.

Pedro Veloso disse...

Manu bom post! Como tu, tenho mixed feelings em relação a isto. O bom Maxi é impressionante no ritmo que imprime, mas tenho medo que arrisque demais e descure a defesa. Por outro lado, é daqueles gajos que tem muitos clássicos nas pernas, não se borra...