16/11/2012

O Regresso do Capitão

Mais um jogo que se prevê difícil para o Benfica hoje em Moreira de Cónegos, no Comendador Joaquim de Almeida. Vimos de uma boa série de resultados, à qual temos que dar sequência imperativamente! Uma vitória, não sendo mais que a nossa obrigação, ajudará a fortalecer o bom ambiente à volta da equipa. Uma derrota seria perfeita para os críticos começarem a pedir cabeças...
Boa notícia o regresso no nosso capitão! Não tenho (quase) nada a apontar a Jardel, cumpriu a sua obrigação e mostrou ser uma opção credível à dupla de classe mundial que temos. Mas com Luisão a conversa será outra. A organização defensiva melhorará e ganhamos muita força nas bolas paradas (defensivas e ofensivas)!

Já faltou mais para chegar Dezembro e a abertura do mercado de Inverno. E a verdade é que Benfica se tem aguentado em todas as frentes (ainda que sem deslumbrar como em anos anteriores). Espero e confio que aguentaremos o barco até Dezembro com os que cá estão agora.
Nesta reabertura de mercado é imperativo retocar o plantel para prevenir uma quebra de forma na fase decisiva da época. Tendo consciência que o dinheiro não abunda, só peço uma opção credível para o meio campo (de preferência um jogador que faça "6" e "8"). Para as laterais da defesa, uma posição com escassez de opções de qualidade por todo o mundo, sei que seria preciso gastar bastante dinheiro para trazer jogadores de qualidade inequívoca. Por isso, e também sendo esta uma posição de menos influência que a de médio centro, contentar-me-ei com os que cá estão até ao fim da época e com mais uma ou outra adaptação de recurso.

Voltando ao jogo de hoje, se fosse eu o treinador, daria minutos a alguns jogadores menos utilizados, de forma a também resguardar alguns jogadores para a recepção ao Celtic na próxima 3ª Feira. Jorge Jesus tem feito isso bem este ano até agora. Tem rodado com conta, peso e medida.
Como já é costume, avanço o 11 que eu lançaria hoje:
Paulo Lopes; André Almeida, Luisão, Jardel, Luisinho; Matic; Gaitán, Enzo Pérez, Nolito; Rodrigo, Lima.

3 comentários:

Claudio Caniggia disse...

Manú, concordo em absoluto. A influência do Luisão e a sua agressividade positiva nas bolas paradas (especialmente ofensivas) têm tudo para aumentar a eficácia de uma defesa que até agora, e surpreendentemente na minha opinião, tem sido razoavelmente segura face a anos anteriores.

Estou desejoso que venha Dezembro e não tem nada que ver com o Pai Natal. Se chegarmos ao fim do ano na posição em que estamos hoje, aí sim começo a acreditar seriamente no título. Até lá, temos jogos de risco a cada semana, pois uma derrota apenas poderá bastar para abalar a confiança da equipa. No "sapatinho" queria no mínimo o Airton. Já podia libertar o Matic para o meio-campo (8) quando fosse necessário dando ao mesmo tempo mais consistência defensiva ao sector intermediário. Se me dessem mais um centro campista de raíz seria perfeito!

Em relação ao 11 para hoje, subscrevo o que apresentas. Talvez tirasse o Perez (saiu lesionado no ultimo jogo) para meter o "menino" e apostasse no Miguel Vitor, que ainda tem poucos minutos esta época.

Manú disse...

Claudio, também gostava de dar mais minutos ao Miguel Vitor. Mas é imperativo que o capitão jogue, e acho que o Jardel, visto que vai perder o lugar na equipa, penso que merece ser coroado com a titularidade neste jogo, como recompensa por aquilo que fez quando o capitão esteve fora.
E quanto mim Miguel Vitor, no Benfica ofensivo de Jorge Jesus, não tem lugar a lateral.

Em relação ao "menino" (Gomes), acho que não devemos rodar a equipa demais, pelo menos de início. Isto é um estádio difícil, temos que entrar fortes e para isso não podemos ter a equipa demasiado descaracterizada.
Se o jogo estiver a correr de feição, por mim seria o 1º a ser lançado!

Manú disse...

Sabendo agora que o Enzo não está convocado eu punha André Gomes, mas acho que o Jorge Jesus vai pôr o Bruno César. Embora seja suicida, acho que pode ser importante para dar minutos ao Bruno César e conseguirmos tirar o melhor dele!