07/05/2013

Falar no fim é fácil mas…


…a culpa do empate do Benfica ontem parece-me 100% de Jorge Jesus. Aliás, 95% de Jorge Jesus e 5% de Carlos Martins.
Não pretendo com este post deitar a toalha ou chão, nem mesmo ofuscar a perfeição que tem sido esta época desportiva. No entanto, pareceu-me que Jesus falhou no primeiro momento crucial da época.
Jesus parece que se esqueceu da rotatividade perfeita que fez até aqui. Rebentou, e bem, a equipa contra o Fenerbahçe, tendo com isso conseguido a melhor exibição dos últimos 3 anos. Por isso tinha a obrigação de ter percebido que o desgaste se faria sentir no jogo de ontem com o Estoril, caso o forcing inicial não desse o merecido golo. Na minha opinião, neste jogo era importante ter deixado Gaitán e Lima no banco, pois eram os mais cansados e os que tinham as opções mais válidas no banco para os substituir (Ola John e Rodrigo, ambos frescos pois não rebentaram nem na Madeira nem contra os turcos). Com isso o rendimento da equipa não teria sido afectado, daria para carregar e sempre haveria malta mais fresca para correr atrás da bola nos momentos em que o Estoril fez uma boa circulação de bola. Com esta opção que proponho também teríamos os dois jogadores citados no banco para entrar apenas numa parte final em que eventualmente houvesse necessidade.
A saída de Melgarejo a meu ver foi completamente disparatada. Ainda havia muito tempo para jogar e lutar pelo resultado, e com a equipa a ceder fisicamente essa luta tinha que ter sido feita com a equipa compensada tacticamente e não com os sectores completamente desligados, a pedir correrias defensivas a um Matic exausto e a um Enzo que já não estava em campo (ou a um Carlos Martins que não tem pernas para defender contra-ataques e faz logo falta para amarelo). A juntar a este disparate, Melgarejo não jogou os dois últimos jogos e estaria fresco para o pressing final.
Jesus tinha a obrigação de ter percebido que o Estoril não era um adversário de fim da tabela que foi lá colocar o autocarro e despejar bolas à espera dos nossos ataques consecutivos, tinha que ter percebido que eles tinham qualidade para nos fazer correr porque nós não estávamos com disponibilidade física para sufocar 90 minutos. Tinha que ter mantido o esquema táctico e a frieza que o golo iria aparecer! Desperdiçámos a oportunidade de resolver o título de campeão nacional e com isso poder ir ao dragão rodar a equipa e aparecer frescos contra o Chelsea na final da Liga Europa.
Mas repito que não deito de forma alguma a toalha ao chão, continuo a acreditar porque o que tem sido feito até agora tem sido muito muito bom. Só espero que Jesus não bloqueie nesta recta final e que não esprema os mesmos 11 sem justificação aparente, pois nos anos anteriores foi isso que fez com que não tivesse materializado a sua enorme qualidade em mais títulos até agora. E espero também que não se encha dele próprio, porque na realidade NADA está ganho, e o que nos trouxe até aqui foi a humildade.
 
Como tenho escrito pouco aproveito para deixar registado que embora perceba que é difícil ser contido quando vemos as coisas tão perto do sucesso achei ridículo e prejudicial o folclore que se montou depois do jogo na Madeira. Não me venham com tretas de que não nos devemos calar, aquela conferência de imprensa passou claramente a mensagem “agora que já está ganho deixa lá mostrar que isso foi conseguido com mérito”. Parece que não aprendemos com os erros…

6 comentários:

Claudio Caniggia disse...

Manú, excelente análise.

Concordo principalmente com o último parágrafo. Os "pavões" saíram todos à rua após a vitória com o Marítimo. Conferências, entrevistas, festival no relvado dos Barreiros...

Também acho que Ola John e Rodrigo podiam ter jogado de início, mas se tivessemos empatado à mesma se calhar estavamos aqui a pedir que jogassem Lima e Gaitán, que nesta altura não podiamos facilitar, etc. São decisões criticáveis mas compreensíveis...

O Carlos Martins (jogador que cheguei a admirar) é atrasado mental, nunca mais pode jogar pelo Benfica.

Acima de tudo faltou-nos killer instinct. Tivemos oportunidades mais do que suficientes para acabar com o jogo, quase antes dele sequer começar.

E volto a repetir. Público de merda. Onde é que estavam os 55 mil que vieram ao Fenerbahce? Foram subsituídos por 55 mil espectadores de teatro, é nestas alturas que o apoio da bancada tem de ser incessante, é nestas alturas que o público não pode esperar pela equipa para acordar, antes pelo contrário.

Ontem falhou tudo, temos de emendar a mão no Dragão.

Manú disse...

Concordo contigo em relação aos adeptos! Ontem tinha sido crucial termos jogado com mais um!

Em relação ao Nico e Lima, claro que são opções discutíveis e no fim é mais facil falar. Mas a opçao de partir a equipa com a saida de Melgarejo foi ridicula a meu ver... mas pronto agora resta olhar para a frente!

P.S. - melhor jogo do Maxi esta epoca! Enorme!

hertz disse...

"pareceu-me que Jesus falhou no primeiro momento crucial da época." Ai esse é que foi o 1º momento crucial da época? Ou será que o consideras assim porque o Benfica perdeu pontos?

Anónimo disse...

acho que o que ele queria dizer é que pela primeira vez Jesus falhou num momento crucial, e não que o jogo de ontem era o primeiro momento crucial da época.

Manú disse...

Continuo a dizer que, dada a conjuntura, ontem foi o primeiro momento crucial da época. Se preferirem o mais crucial até agora, porque cruciais são todos os jogos.
Era o jogo que definia as nossas hipoteses em 2 competições (campeonato e liga europa), pois se ganhassemos, como ja escrevi, teriamos hipotese de avançar com segundas linhas no dragao e ter a equipa a 100% para o Chelsea. Agora vamos ao dragao com os fantasmas do passado e a precisar de dar tudo o que temos, com um jogo decisivo doutra competiçao passados 3 dias.

Ontem quando mais era preciso usar a inteligencia houve falhanço.
Mas atenção que sou um grande defensor do JJ, e continuo a acreditar a 100%, só acho que desta vez ele merece ser criticado, construtiva e justificadamente.

JL Martins disse...

Parei de ler aqui:

"...…a culpa da derrota do Benfica ontem..". Wtf? E eu a pensar que o jogo tinha terminado com um empate.

PS: adoro este lado obscuro da internet :)